Águas da Prata

Às vezes nos surpreendemos positivamente com alguma cidade, das quais não esperamos muito, inclusive pois nos guias de viagem não se fala muita coisa sobre a cidade. Foi o caso de Águas da Prata. A cidade é muito boa para um fim de semana tranquilo. Fica quase na divisa entre São Paulo e Minas Gerais, mais precisamente da cidade de Poços de Caldas.

Peguei o ônibus em São Paulo sábado de manhã, e cheguei sábado à tardezinha, na cidade, iria ficar hospedado no Hotel Real. Ao chegar, perguntei como faria para chegar, era próximo, mas disseram que era melhor tomar um táxi, pois estava para chover. Decidi aceitar a dica, e foi a minha sorte, foi só colocar o pé no hotel, e caiu um temporal, que formou até enxurrada, estava querendo levar até a moto de um rapaz embora.

Uma das coisas mais legais da cidade é o bosque, que tem vários quiosques vendendo, principalmente, comidas feitas com milho, como bolo de milho, pamonha e cural. E o bosque tem muitos pequenos macacos, que vem até as pessoas para conseguir comida.

É muito legal que tem uma boa cachoeira a 1km do centro da cidade. Como eu estava a pé, decidi ir assim mesmo, tive que ir andando pela estrada, e como no filme “Mais Sapatos” (em que o cara foi a pé de Madri até Kiev, capital da Ucrânia), um velho senhor disse a ele que o melhor jeito de se viajar é a pé, que viajar de ônibus, carro ou avião não teria graça, no que ele concordou. E, realmente, foi muito interessante “viajar” a pé pela estrada, embora tenha sido apenas um quilômetro. Percebe-se as coisas de um modo totalmente diferente, os cheiros das árvores próximas da estrada, percebe-se detalhes que passariam totalmente desapercebidos.

Estas bonitas fotos de árvores eu tirei enquanto eu estava caminhando para a cachoeira.

Aqui é a cachoeira:

No domingo, fui caminhando até a churrascaria, que ficava quase na entrada da cidade, o que também dava uns 2 km, aí na volta estava olhando os quiosques, aí fiz amizade com um casal que era dono de um dos quiosques, aí ele estava contando que também era de São Paulo, que tinha uma banda de rock, mas agora mudou para Águas da Prata, e tem o quiosque além de uma marcenaria (que no logotipo tem o símbolo do Rotary Club), do quiosque tem uma vista bonita de uma das montanhas da região, e naquele dia o céu também estava bem azul.

É uma pena que o balneário esteja em reforma, pois é algo que eu gosto bastante de fazer, tomar aqueles banhos de imersão de água natural, bem quentinho, relaxa que é uma beleza, assim como saúna. Tomara que logo eles reativem o balneário, pois é um atrativo a mais, assim como em cidades tais como Águas de Lindóia, Águas de São Pedro, Monte Alegre do Sul, Serra Negra.

A praça principal, perto do bosque é bonita, em um dos lados tem uma lanchonete bem rústica e antiga, e também há algumas fontes de água mineral, como na foto a seguir.

O rio que beira a estrada:

Mais uma foto da cidade, já com o sol começando a se pôr:

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s