Ano Bissexto

Ano Bissexto (“Año Bisiesto”, México, 2010, Michael Rowe)

Filme muito interessante, mas que no começo dá impressão de ser um filme chatíssimo. O filme todo se passa dentro do apartamento meio pobre e sujo de uma mexicana não bonita e meio gorda, e a sua rotina é claustrofóbica e angustiante: todo dia acorda, toma um café da manhã surrado, vai trabalhar e volta pra casa cansada (parece até aquela propaganda do superpapo, que mostra um cara totalmente entediado com sua rotina tentando achar alguém interessante). E nesse meio tempo, nos fins de semana, ela se arruma (só vemos a ação de dentro do apartamento), e daqui um tempo chega com algum cara, com quem trocam uns beijos, transam sem emoção e logo depois o cara vai embora. Até que ela acha alguém com quem finalmente parece haver um envolvimento. E a química dos dois é algo meio insólito, pois ele se revela um sádico, e ela por carência, por amor, ou por seus instintos mesmo, se revela cada vez mais masoquista, ou seja, é o próprio casal vinte. Hoje em dia, muitos filmes de arte ou de festival usam o recurso de usar imagens explícitas, por mim não há problema, desde que tenham uma utilidade dentro do filme, como é o caso aqui, uma cena em que ela começa a masturbar o cara pedindo com detalhes sobre como quer ser torturada, e o crescendo da intensidade dos pedidos dela aumenta junto com a intensidade da masturbação que ela faz para ele. Pelo que eu lembre, não há quase trilha sonora no filme, porém a música que acompanha os créditos finais é um bregaço mexicano de dilacerar o coração de tão bonito. Um quase filme romântico estranhíssimo. Nota: Muito Bom

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s