Marimbas do Inferno

Marimbas do Inferno (“Las Marimbas Del Infierno”, Guatemala-França-México, 2010, Julio Hernandez Cordon)

Excelente idéia e ótima surpresa este filme da Guatemala!
A começar pelo nome, muito engraçado: Marimbas do Inferno!
A insólita combinação (praticamente uma “idéia de jerico”, no bom sentido, claro) de tentar misturar marimbas em uma banda de heavy metal mais tradicional (ainda que cantado em espanhol!).
E os clichês são ótimos e caricatos. O vocalista da banda de heavy metal, um trintão ou quarentão cabeludo, com camiseta preta com motivos de monstros e tudo. O cara que toca marimba é bem estilo tiozinho, sério, de roupa social e tudo, como um cara que tocou na banda de um amigo meu. E o coitado tem que carregar aquela marimba gigante, arrastando-a pelas ruas.
Quem é músico se vê retratado no filme: a dificuldade de tocar nos lugares, e o desprezo que muitas vezes os donos do lugar tem pelos músicos. E ainda mais no caso deles: uma banda de heavy metal com marimba!!! Muito engraçada essa combinação.
Pois bem, é um paradoxo! Eles podem buscar lugares que tocam heavy metal, mas o pessoal vai torcer o nariz para as marimbas. Então, depois eles foram tocar em um lugar próprio para tocadores de marimba, que aliás é uma tradição fortíssima na Guatemala! Mas aí o pessoal olhou torto e torceu o nariz por causa do heavy metal.
Nesse lugar que eles foram que era próprio para tocadores de marimba, antes deles começou a tocar um conjunto com uns cinco (!!!) tocadores de marimba ao mesmo tempo (!!!). O lugar também era tipo um baile, os donos do lugar viram que os tocadores estavam fazendo sucesso, o pessoal todo estava dançando, simplesmente falaram pra banda que eles não iriam mais tocar. E eles que tiveram um trabalhão pra levar todo aquele equipamento.
Sou músico e já passei por situações assim, é algo realmente muito frustrante.
O filme também tem um personagem que é um drogado que acompanha a banda de heavy metal, e o que ele gosta de cheirar cola.
Pra ser perfeito, seria legal o filme ter mostrado eles tocando em algum show com essa formação, ou pelo menos, mostrando uma música inteira, mas não, só mostraram alguns trechos de ensaio.
E talvez o maior erro: nos créditos finais, colocaram uma música convencional, sem marimbas, da banda de heavy metal do cabeludão, (que aliás, parece que existe na vida real). Pô, o filme chama MARIMBAS DO INFERNO!!! Mesmo assim, nota: Ótimo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s