Agnaldo Timoteo

Agnaldo Timóteo pode ser uma figura bastante controversa e polêmica, deputado (e ainda mais, do partido do Maluf), ser chamado de arrogante por muitas pessoas, mas ninguém pode negar que ele é um ótimo cantor e intérprete, e que seu repertório é muito bom.

Sua versão de “Tudo passa, tudo passará” de Nelson Ned, que exige bastante voz, é excelente.
Fala-se muito sobre a sua homossexualidade, mas no livro “Eu não sou cachorro, não”, de Paulo Cesar Araújo, isso é contado em detalhes e mostra como isso influenciou sua obra. Conta até que ele morava com um homem. Este livro, essencial, contesta o mito de que os artistas bregas eram alienados politicamente. Agnaldo Timóteo comprova isto, fazendo músicas falando de sua opção sexual em plena ditadura militar. Na maioria das vezes, Agnaldo Timóteo era apenas intérprete, compondo ocasionalmente, porém ele fez uma trilogia de discos em que compôs a faixa título, e os três falavam de temas gays. O primeiro, “Galeria do Amor”, fala de suas andanças pela Galeria Alaska no Rio de Janeiro, ponto de encontro de homossexuais; depois vem “Perdido na Noite”, se aprofunda no tema de sair pela noite em busca de aventuras amorosas; e, para encerrar a trilogia, “Eu Pecador”, fala sobre seu sentimento de culpa, por sua opção sexual ser conflitante com o que sua religião diz.

Um de seus maiores sucessos é uma música de autoria de Roberto Carlos, “Meu Grito”:

Ai que vontade de gritar
Seu nome bem alto e ao infinito
Dizer que seu amor é grande
Bem maior que o meu próprio grito
Mas só falo bem baixinho
E não conto pra ninguém
Pra ninguém saber seu nome
Eu grito só meu bem.

Regravou versões de grandes músicas internacionais, como “Casa de Irene” e “Casa do Sol Nascente”.

Fez uma participação na Casa dos Artistas, uma das cenas mais hilárias foi ele gordão, deitado no sofá, camisa florida e sunga. A sua fã (de araque) na Casa dos Artistas era uma menina bonita e jovem que não conhecia nenhuma de suas músicas e gostava de pagode. Atualmente é deputado no partido do Maluf.
Algumas curiosidades: outro dia, vi ele na rodoviária do Rio de Janeiro, dizem que ele tem medo de andar de avião, e uma amiga disse que do seu apartamento já viu ele vestido com um robe cor-de-rosa na sacada de seu apartamento.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s