Pérolas do Brega, “Casal 2000”, Cristiano Neves

Esta letra é uma enorme inovação na música brega, onde ao invés da muito amarga dor de corno, assassina e mancha indelével na biografia do macho tradicional, vemos um casal antenado com as tendências mais de vanguarda existentes: o relacionamento aberto e sem ciúme. Repare no trecho extremo: “Quando fui num dia desses \ Vi uma coisa engraçada \ Ela saiu à tardezinha \ Só chegou de madrugada \ Fumando e falando gíria \ Só acredita quem viu”. Inimaginável em um brega antigo e tradicional.

Casal 2000
Cristiano Neves

Eu e minha namorada
Somos um casal decente
Não mandamos um no outro
Somos muito independente

Se eu ver ela com outro
Não ligo, nem falo dela
Se ela me ver com outra
Pisca e fica na dela

Quando fui num dia desses
Vi uma coisa engraçada
Ela saiu à tardezinha
Só chegou de madrugada

Fumando e falando gíria
Só acredita quem viu
Somos um casal danado
Somos um casal 2000

Somos um casal 2000
Sem ciúme e sem intriga
Um casal muito pra frente
Um casal assim não briga

A gente sai pela noite
Bebe e traça mais de mil
Somos um casal danado
Somos um casal 2000